Formas de fazer a vida do seu filho autista mais fácil parte 2

autismo

Dando continuidade na matéria encontrada no site sobre autismo, Lagarta vira pupa  , formas de fazer a vida do seu filho autista mais fácil.  segue

  • Ecolalia: Algumas crianças autistas vão repetir com frequência frases, palavras ou textos. A Ecolalia pode ser uma comunicação funcional,assim como muitos jovens da geração Y acham normal escrever ” vc “. A escolia também pode ser uma forma de estereotipia verbal: pode ser tranquilizador repetir frases seja para você mesmo ou numa conversa com outra pessoa. Mesmo assim, pais, professores e terapeutas com frequência tentam eliminar ou redirecionar a ecolalia do autista.  Apenas diga não !
  • Uma importante necessidade de ” descomprimir “:  Pessoas autistas ficam sobrecarregadas pelo mundo. Então, quando o seu filho chega da escola, ou de uma saída, ou mesmo depois de passar um tempo com você, tenha certeza de dar a ele todo o tempo de descanso que ele precisa. Dê a ele espaço para processar, se reintegrar , fazer estereotipias, ver os vídeos favoritos – a forma que ele te indicar que funciona melhor para que ele se ” descomprima “. Isso é especialmente importante para nossos filhos, já que as crianças autistas tendem a ter uma agenda superlotada com terapias e outras atividades sociais intensas que requerem mais energia do que é esperado para não autistas. Então, suas reservas de energia podem ser completamente drenadas.
  • Cegueira facial ou Prosopagnosia: Cegueira facial é uma coisa real para muitas pessoas autistas, apesar de seu grau variar. Então,  tente ajudar o seu filho a compensar: ajude-o a reconhecer as pessoas por traços que vão além de rostos, fique alerta para situações que podem estressá-lo, como encontrar amigos ou conhecidos, ou reconhecer professores e cuidadores. Ajude-o a encontrar uma estratégia que ajude os familiares ou amigos a se aproximarem dele, como, por exemplo, fazer a outra pessoa sempre dizer ” Oi, sou eu, o [nome]  “.
  • Sensibilidade ao tom de voz : Crianças autistas podem ser absurdamente sensíveis às emoções de outras pessoas, algumas vezes absorvendo-as  e até aumentando-as. Isso significa que manter o seu tom de voz neutro ou positivo ao falar com seu filho autista é um esforço que vale a pena. O que você  pode considerar como um tom de voz ” firme mais amável “, pode ser percebido como doloroso e raivoso por uma pessoa autista que opera em uma frequência altamente emocional. Então, faça o seu melhor para ter um estilo de comunicação calmo e confortador com seu filho.
  • Simplifique o espaço dele: Pessoas que ficam facilmente sobrecarregadas por estímulos visuais e auditivos, que têm agnosia ( dificuldade para reconhecer estímulos sensoriais como formas, cheiros, sons ) ou precisam de tempo para se reorganizar, se costumar gostar de ambientes como quartos ou salas de aula que são levemente vazios e organizados. Se o seu filho tem dificuldades em criar ou organizar este espaço por si só devido a problema de atenção, função executiva ou outros fatores, então faça o seu melhor para ajudá-lo a organizar e manter esses espaços como ele preferir.
  • Necessidade de pausas : Se seu filho autista é, de fato, uma esponja emocional, ele vai precisar de períodos de ” férias ” dos principais emissores de emoção em sua vida: os membros da família. Faça o seu melhor para garantir que ele tenha essas pausas – sempre que você puder e sempre que ele quiser. Elas podem ser desde um passeio silencioso de carro até deixá-lo passar um tempo com um cuidador ou pessoa querida de confiança que não seja você. Vocês dois irão se beneficiar.

Cada autista é único, o que significa que esses onze fatores ( post 1 e 2 ) podem não valer para todos ( por mais que eles sejam bem comuns ). Esta lista também não pretendia englobar tudo . Considere isso como um começo, um check list , um mini guia para pais considerarem pontos de vista que eles não conheciam, e que podem ajudar a eles e a seus filhos a viverem a vida da melhor forma possível.

texto original em inglês http://www.blogher.com/11-ways-make-your-autistic-childs-life-easier

Beijos  Simone Santiago Marques

 



Deixe um comentário