Tireoide – Hiper e Hipotireoidismo sintomas

tireoide

A Amanda tem Hipotireoidismo é importante o diagnóstico precoce para que seja tratado corretamente.

A tireoide é uma glândula parecida com uma borboleta, fica localizada na parte anterior do pescoço, logo abaixo do Pomo de Adão.

Ela regula uma série de funções importantes como o coração, o cérebro, o fígado e os rins, ela produz os hormônios T3 (triiodotironina) e o T4 (tiroxina).

Quando ela não funciona corretamente, pode liberar hormônios em  menor quantidade, causando o hipotireoidismo,  ou em excesso, ocasionando o hipertireoidismo.

Nessas duas situações, o volume da glândula pode aumentar, o que é conhecido como bócio.

Ela atua no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes, no peso, na memória, na concentração, no humor e no controle emocional.

Problemas na tireoide podem acontecer em qualquer etapa da vida, algumas crianças podem nascer com hipotireoidismo, é importante a realização do  Teste do Pezinho para o diagnóstico. Fonte

a) Sintomas do hipotireoidismo

A falta de hormônios tireoidianos, que é o hipotireoidismo, diminui nosso metabolismo e pode causar os seguintes sinais e sintomas:

  • Aumento do volume da tireoide, chamado de bócio.
  • Fraqueza, desânimo e cansaço fácil.
  • Intolerância ao frio.
  • Diminuição do suor.
  • Perda de cabelo
  • Ganho leve de peso (hipotireoidismo não leva a grandes ganhos de peso).
  • Pele seca.
  • Unhas fracas.
  • Dor nas articulações.
  • Redução do paladar.
  • Anemia
  • Síndrome do túnel do carpo
  • Constipação intestinal (prisão de ventre).
  • Aumento do colesterol
  • Redução dos pelos da sobrancelha.
  • Hipertensão
  • Inchaços (em casos mais graves).

b) Sintomas do hipertireoidismo

Já o excesso de hormônios, chamado de hipertireoidismo, pode provocar os seguintes sinais e sintomas:

  • Aumento do volume da tireoide, chamado de bócio (pode ocorrer tanto no hipotireoidismo quanto no hipertireoidismo).
  • Excesso de suor, mesmo em locais não tão quentes.
  • Intolerância ao calor.
  • Fraqueza das unhas.
  • Coceira generalizada.
  • Pele ruborizada e úmida.
  • Cabelos mais finos e fracos.
  • Fraqueza muscular.
  • Proptose ocular (olhos esbugalhados).
  • Palpitações e arritmias cardíacas, principalmente fibrilação atrial
  • Colesterol baixo, principalmente o colesterol HDL.
  • Hipertensão.
  • Aumento da glicose no sangue.
  • Baqueteamento digital (alargamento das pontas dos dedos).
  • Cansaço durante esforços.
  • Diarreia
  • Anemia.
  • Aumento do volume diário de urina.
  • Perda de peso.
  • Aumento da sede e da fome.
  • Osteoporose
  • Irritabilidade e ansiedade.
  • Depressão.
  • Amnésia.
  • Insônia
  • Dificuldade de concentração.
  • Tremores das mãos.

Causas de hipotireoidismo e hipertireoidismo

As principais causas de hipotireoidismo e hipertireoidismo são as doenças autoimunes (aquelas em que o organismo indevidamente produz anticorpos contra ele mesmo .

O diagnóstico, em geral, é feito com análises de sangue, através da dosagem dos hormônios TSH e T4 livre.

O tratamento é feito com reposição de hormônios no hipotireoidismo, ou com drogas que inibem a produção dos mesmos no hipertireoidismo.  Fonte

Precisamos sempre estar atentos .

Beijos Simone Santiago Marques

 



Deixe um comentário